Bar em Bar 2018 chega a 27 bares

Marruá Parrilla representa Vicente Pires na disputa

560
Junto e misturado (serve 2 pessoas): 140g de Maminha, 140g de Chorizo, 140g de Picanha Suína. Acompanha farofa crocante de pequi, molho de amora, rúcula orgânica, cebola e pimentão na parrilla.- custa R$30

Dia 15 de novembro começou o festival gastronômico dedicado à comida de boteco, o Bar em Bar. Em sua 12ª edição, o Bar em Bar terá parceria com a 9ª edição do Sabor Suíno e, juntos, prepararam um festival diversificado: os 27 estabelecimentos participantes poderão utilizar uma das proteínas mais saborosas e saudáveis da gastronomia mundial, a carne suína.
Para o presidente da Associação de Criadores de Suínos do Distrito Federal (DFSuin), Ivo Jacó de Souza, o Festival é uma oportunidade de mostrar ao consumidor as qualidades da carne suína produzida no Distrito Federal e desmistificar alguns preconceitos que ainda existem com a proteína. “Tínhamos vontade de mudar o modelo do Sabor Suíno e, então, surgiu à oportunidade da parceria com o Bar em Bar. Resolvemos abraçar essa ideia na expectativa de receber um público maior e diferenciado das edições anteriores. Nosso objetivo é encantar o público com receitas que harmonizam bem com as cervejas, vinhos e cachaças”, destaca Souza.

O festival
Serão 18 dias de evento e os bares e restaurantes participantes criaram petiscos exclusivos a preço promocional de R$30, que servem de uma a quatro pessoas. “Nossos chefs criaram petiscos que possam agradar a todos os tipos de público. Temos menus individuais e para compartilhar, para os vegetarianos e os apaixonados por carne e também para quem prefere um petisco mais sofisticado”, comenta o presidente da Abrasel-DF, Rodrigo Freire.
Com o tema “Viva a melhor porção da vida”, o festival busca promover o caráter democrático e social dos bares e valorizar os produtores do Distrito Federal. “Nos últimos anos, o Bar em Bar orienta os estabelecimentos a sempre escolherem os ingredientes produzidos na cidade, valorizando os pequenos e médios produtores locais. Esse ano, com a parceria do Sabor Suíno, teremos os criadores de carne suína do DF como um dos principais parceiros do nosso festival e são parcerias como essa que fortalecem a identidade gastronômica de Brasília”, comenta Rodrigo Freire.
Outro trabalho social promovido pela Abrasel-DF e DFSuin, realizadores do festival, é a doação de R$ 1 do valor de cada prato vendido para uma instituição social de Brasília, que será escolhida por meio de uma votação nas mídias sociais da
Abrasel-DF.

SHARE