Viagem através de um livro

Representados nas páginas de um livro, os alunos de Vicente Pires vão sair do Brasil e passar por todos os continentes

452

O livro The Way We Are partiu de Sundern, uma escola pública da Alemanha, que em sua carta de apresentação fala sobre um dos seus maiores desafios no momento: a educação e integração de muitas crianças refugiadas que passaram a frequentar a escola. Proteger essas crianças e tantas outras é um desafio global, sua participação nesse projeto ajuda a resgatar em cada uma a dignidade perdida e esperança concreta de quem pode sonhar sem medo com um presente e futuro melhor.
Nesse mundo cada vez mais cheio de barreiras, a conexão de turmas de diferentes países traz a esperança de um mundo mais amigo, onde exista mais confiança e solidariedade. A medida que o livro vai visitando escolas, se constroem histórias de diversos autores, estudantes de diferentes culturas partilham sua forma única de ver o mundo e percebem também suas semelhanças, além de ser também um poderoso instrumento pedagógico de aprendizagem.Projetos internacionais na escola ajudam os alunos a compreender e acima de tudo respeitar diferenças, além de aproximar estudantes de diferentes culturas, para troca de experiências e conhecimento.

Os alunos e as idealizadoras do projeto apresentaram o livro na Administração de Vicente Pires. O Charles Guerreiro em muitos momentos ficou emocionado com a participação dos alunos da Escola Classe Colônia Agrícola Vicente Pires.

Em Vicente Pires
A professora Renata Madureira, que já ganhou prêmio do Conselho Britânico por um dos seus projetos internacionais, é a responsável por trazer o projeto para o Brasil. Ela iniciou conexão de suas turmas de inglês com outros países com o objetivo mostrar aos seus alunos que a comunicação direta com outros países podia ser bem divertida e desde então já criou e participou de dezenas de projetos educacionais com turmas estrangeiras.
A escola da professora Renata Madureira, a Internacional Idiomas, o Colégio Vitória Régia e as escolas públicas 01 e 02 de Vicente Pires serão os únicos representantes do Brasil nesse projeto ambicioso que une crianças de todos os continentes. São 46 escolas em 26 países, como Estados Unidos, Alemanha, Argentina, China, Israel, Austrália, Paquistão, Nova Zelândia, Índia, Austrália, Kazaquistão, Taiwan, Japão, Dubai, Canadá, Suécia, Irlanda, Áustria e muitos outros, que partilham informações sobre sua escola, cultura, cidade e país.

Na biblioteca pública
Em junho deste ano na biblioteca da administração de Vicente Pires, biblioteca que tem como bibliotecária a professora Márcia Ribeiro, 28 alunos da Escola Classe Colônia Agrícola Vicente Pires e a professora Bianca, responsável pelos alunos, contribuíram para o livro com desenhos e textos. Não só isso, os alunos cantaram em inglês, participaram ativamente de toda programação cultural durante o evento. A segunda edição desse incrível projeto teve início em 13 de outubro de 2017 e chegou ao Brasil na primeira semana de junho de 2018. Além do livro original que os alunos puderam ver de perto, têm também as pastas virtuais que contém as fotos dos alunos de todas as escolas na elaboração de suas páginas e informações adicionais da escola.

SHARE